Arquivo mensal: dezembro 2015

O SEU ANIMAL ESTÁ SE COÇANDO?

coceira

DERMATOPATIAS ALÉRGICAS: tudo o que você precisa saber sobre as alergias de pele do seu animal.

O QUE É A ALERGIA?
A alergia é uma resposta exagerada do sistema de defesa do organismo a uma substância externa, que normalmente é inofensiva a em um animal não alérgico. Essas substâncias são conhecidas como alergênicos ou alérgenos.

ALERGIA É TRASMISSÍVEL?
A alergia é transmitida de um animal para o outro somente por via hereditária, ou seja, animais alérgicos podem ter descendentes alérgicos. O contato direto não transmite alergia.

MEU ANIMAL NUNCA TEVE NADA, MAS AOS 3 ANOS COMEÇOU A APRESENTAR COCEIRA. ISSO PODE SER ALERGIA?
Sim, a doença alérgica pode aparecer em qualquer idade, apesar do início dos sinais clínicos normalmente ocorrerem em animais com idades entre 6 meses e 3 anos.

QUAIS SÃO OS SINAIS QUE INDICAM QUE MEU ANIMAL É ALÉRGICO?
O sinal clínico mais comum da alergia, presente em 99% dos casos, é a coceira. Os animais se coçam utilizando as patas ou a boca, mas podem também se esfregar em móveis, parede ou até mesmo rolar no chão. Outros sinais normalmente vistos são: pele avermelhada, presença de bolinhas vermelhas semelhantes a picadas de mosquito, otite de repetição, coceira facial e lambedura excessiva nas patas, além de infecções constantes de pele causadas por bactérias ou fungos.

O QUE PODE CAUSAR ALERGIA NO MEU ANIMAL?
Existem diversos fatores que podem causar alergia nos animais, sendo os mais comuns:
– picada de insetos, principalmente pulgas e carrapatos no caso dos animais. A saliva desses insetos, ao ser inoculada na pele através da picada, provoca uma reação alérgica.
– alimentos diversos, especialmente algumas proteínas de origem animal
– fezes de ácaros da poeira e esporo de fungos (mofo), que existem no ambiente da casa
– pólen de vegetais (flores, gramas, etc)
– produtos que contenham fragrância
– cigarro

É importante salientar que o que causa alergia num animal pode não causar em outro animal.

É POSSÍVEL, APENAS EM UMA CONSULTA, DESCOBRIR AO QUE O ANIMAL É ALÉRGICO?
Não, as manifestações clínicas da alergia são praticamente iguais independente do tipo de alergia que o animal tenha. Por isso, o diagnóstico de alergia não consegue ser fechado em apenas uma consulta.

ENTÃO COMO DESCOBRIR AO QUE O MEU ANIMAL É ALÉRGICO?
Na maioria dos casos, o médico veterinário traçará um plano de tratamento, que inclui a retirada de algumas substâncias alergênicas do contato desse animal e também avaliará a resposta do animal a algumas medicações que serão prescritas. Hoje em dia já existem testes alérgicos, mas eles só são indicados em poucos tratamentos, mas só um profissional experiente na área de dermatologia irá saber dizer se é necessário fazer ou não o teste no seu animal.

O MEU ANIMAL EVENTUALMENTE TINHA PULGAS E/OU SEMPRE COMEU A MESMA RAÇÃO. MESMO ASSIM ELE PODE TER ALERGIA A ISSO?
Sim, na verdade o termo mais correto deveria ser “desenvolver alergia”, pois a falha no sistema imunológico pode acontecer em qualquer momento da vida. E, para essa falha acontecer, o organismo tem que entrar em contato com a substância causadora da alergia pelo menos 2 vezes. Dificilmente um processo alérgico acontece numa primeira exposição.

EXISTE A POSSIBILIDADE DO MEU ANIMAL FICAR CURADO DA ALERGIA?
Na verdade, não existe cura para alergia e sim, controle. Um modo de evitar o reaparecimento de crises alérgicas é afastar o animal do contato com as substancias alergênicas. Por exemplo, se um animal é alérgico à picada de pulga e usamos produtos que impeçam que a pulga o pique, ele não terá mais essa alergia. O mesmo ocorre se o paciente tem alergia a determinados alimentos.
No entanto, nos casos de alergia a alérgenos ambientais (ex: poeira, mofo, etc), mesmo controlando o ambiente esse animal continuará em contato com o que causa alergia, uma vez que não conseguimos retirar isso 100% do ambiente.

ENTÃO, SE O MEU ANIMAL TEM ALERGIA A ÁCAROS AMBIENTAIS, ELE SE COÇARÁ PARA SEMPRE?
Não, existem medicações que melhoram muito os sinais clínicos. Além disso, hoje em dia existe um tratamento com “vacinas”, onde a grande maioria dos animais responde muito bem, amenizando e muito as crises alérgicas. O seu veterinário irá lhe indicar se achar que isso melhorará o quadro alérgico do seu animal.

ENTÃO, A QUEM DEVO PROCURAR CASO O MEU ANIMAL APRESENTE SINAIS DE ALERGIA DE PELE?

Se o seu animal tem os sinais que descrevemos acima, sugerimos que procure um médico veterinário dermatólogo da nossa equipe. Para marcação de consultas e outras informações, por favor entrar em contato através dos nossos telefones 3235-6525 – 2566-7786 – 2556-4945 – 98123-8855 (whats app) ou email secretaria@clinicavetcare.com.br

Anúncios