Queimadura dos coxins: como preveni-las

Resultado de imagem para hurt dog pads

O verão está ai!! Passear é bem legal e todo cachorro gosta…mas, atenção: essa simples atividade pode causar problemas à saúde de seu cãozinho.

O clima quente representa muitos perigos para os cães. A maioria dos proprietários sabe que os cães podem sofrer insolação, hipertermia e queimaduras solares, mas muitos ignoram as queimaduras nas “almofadinhas” das patas, conhecidas como coxins.

    Quem nunca viu proprietários levando seus amigos para passear bem no horário do almoço, quando o asfalto está pelando? Para quem não sabe, o calor pode causar queimaduras nos coxins, que, apesar de bastante resistentes, estão sujeitos a lesões por altas temperaturas, principalmente devido ao asfalto quente. Quanto mais quente estiver o asfalto, mais graves podem ser os ferimentos e as queimaduras, que podem, inclusive, impossibilitar seu animal de caminhar. Esses ferimentos normalmente são mais difíceis de tratar, pois a sua localização favorece o aparecimento de infecções devido ao contato direto com o chão, além da cicatrização ser mais lenta devido à constante pressão colocada na pata quando o cão anda ou simplesmente fica em pé.

Normalmente, um animal com queimadura nos coxins tem muita dor local, o que pode levá-lo a mancar, principalmente em passeios longos e pisos mais ásperos. Também lambe muito as patas, evita colocá-las no chão e não quer caminhar. Em alguns casos mais graves, pode ter sangramento local, presença de bolhas e até o descolamento da pele dos coxins. Se o seu animalzinho apresentar algum destes sintomas, não hesite e leve-o rapidamente ao veterinário de sua confiança para que ele possa receber o tratamento adequado

Para saber se o calor fará mal ao seu pet, faça o teste: sempre que for sair de casa com o seu amiguinho, pise no chão sem sapato e sinta a temperatura. Se você não aguentar ficar descalço no chão quente, então seu animal também não irá aguentar.
COMO PREVENIR?
–  Prefira os horários com temperaturas mais amenas para passear, como até às 10:00 da manhã e após às 17:00h.

– Evite passear em calçamentos e asfaltos ou mesmo areia da praia, que costumam ficar bem quente. Uma opção nessas casos são os parques com grama, que não costumam ficar muito quentes.

– Faça caminhadas frequentes com o cão em pisos mais ásperos (mas nunca quente). Isso levará a formação de uma pele mais grossa e, consequentemente,  mais resistente e menos sensível a queimaduras e abrasão. Os cães que andam somente em piso liso e macio (apartamento e tapetes) terão almofadinhas mais sensíveis e finas

E se acontecer de seu cãozinho queimar a pata, o que fazer? Em primeiro lugar, lavar a pata do seu animal com água gelada, pois isso irá diminuir a temperatura no local e irá aliviar a dor. Não passe gelo, pois esse poderá queimar a pele. Em seguida, umedeça uma toalha limpa e com água gelada e leve seu animal ao veterinário, pois só ele poderá analisar melhor qual o grau de lesão e o que poderá ser feito para melhorar não só a dor, como também evitar que o local infeccione. 

Vamos proteger nossos amiguinhos nesse calorão. E não esqueça: SEMPRE DEIXE ÁGUA FRESCA E LIMPA À VONTADE PARA SEU ANIMAL.

Dra. Juliana Leitão

Médica veterinária dermatóloga da Vet Care

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s